O que é um Poço Artesiano?

 

Entenda um pouco mais sobre um poço artesiano.

 

De maneira simples, podemos definir um poço artesiano como uma perfuração em diâmetro pequeno realizada no solo. Visando chegar à um aquífero que poderá fornecer água de qualidade e em grande volume, jorrando do solo naturalmente, porque sua própria pressão é suficiente para levá-la à superfície.

Porém, quando a pressão não é suficiente é instalado um equipamento para bombear o volume de água até a superfície, tornando-o em um poço semi-artesiano.

Após saber o que é um poço artesiano, podem surgir novas dúvidas em relação a função dos poços artesianos e como obter o seu:

 

  • Afinal, por que eu preciso de um poço artesiano?

Um poço artesiano é indicado para qualquer pessoa que tenha uma demanda por água em seu ambiente. Ele pode ser perfurado em residências, condomínios, chácaras, fazendas, indústrias, hospitais e qualquer tipo de empresa que necessite.

  • Como saber se preciso de um poço artesiano ou semi artesiano?

Os poços mais comuns são os semi-artesianos, pois na maioria dos casos, as condições do solo não permitem que a água jorre naturalmente. Em grande parte, são usadas bombas submersas que são muito eficientes.

Entretanto, tudo vai depender das condições geológicas da região e do aquífero onde será perfurado o poço, não é o perfurador que determina qual poço ele vai perfurar e se será artesiano ou semi-artesiano, quem determina essa parte é a própria natureza.

  • É necessário algum tipo de autorização para perfurar um poço artesiano?

Sim, para realizar a perfuração de um poço são necessárias aprovações em 3 etapas, são elas:

  • Parecer Técnico CETESB:

O Parecer técnico emitido pela CETESB (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), é necessário para avaliação de áreas com potencial de contaminação num raio de 500 metros de onde se pretende executar um poço.

  • Licença de Perfuração e EVI (Estudo de Viabilidade de Implantação)

Para executar a perfuração de um novo poço é necessária a autorização do Departamento de Águas do Município, mediante a apresentação do processo para protocolo, que inclui Anexo de Solicitação de Perfuração, EVI – Estudo que indica se é viável ou não a exploração da água no local.

Após o protocolo é realizada a análise e publicação do deferimento no Diário Oficial da região.

  • Outorga de Uso

De acordo com os fundamentos da Lei 9.433 de 08 de janeiro de 1997, “a água é um bem de domínio público” (águas superficiais e subterrâneas), portanto toda pessoa física ou jurídica tem direito ao acesso e utilização, cabendo ao Poder Público a sua administração e controle.

Quando existe a necessidade de uso de águas superficiais ou subterrâneas será necessário solicitar autorização, concessão ou licença (outorga) ao Poder público.

Após entender o que é um poço artesiano, saber sua função e conhecer o processo que deve ser feito para autorizar a sua perfuração, fica clara a necessidade de uma empresa especializada para realizar o seu projeto.

Para garantir um projeto 100% aprovado e dentro das normas ABNT, entre em contato com a Santo Elias, empresa especializada e referência em perfuração, monitoramento e manutenção de poços artesianos, você também pode conhecer sobre o nosso serviço exclusivo GESA.

 

Santo Elias Poços Artesianos

0800-770-3535 / (11) 3935-3535

Rua Engenheiro José Pastore, 216 – Limão – São Paulo/SP